Cálculo de cabos

Cálculo de cabos por queda de tensão (Distância)

Quedas de tensão máximas admissíveis. Da seção 6.2.7 da NBR5410 temos:

  1. 7 % para alimentações em média tensão com transformadores em cabine primária.
  2. 5 % para alimentações com fornecimento em baixa tensão, direto da concessionária. 

Exemplo 1: Cálculo da queda de tensão de um cabo determinado.

  1. I = 210 A.
  2. Cabo de 120 mm2 / PVC em eletro duto plástico (B1), Temp. Ambiente = 30 °C.
  3. Circuito trifásico, 220 V, comprimento L = 100 m, Fator de Potência cos fi = 0,8. 
  4. Da tabela abaixo obtemos a Queda de tensão do cabo: QVCabo = 0,36 V/A.km.
  5. Queda de tensão: QVC (V) = QVCabo (V/A.km) x I (A) x L (km). QVC = 0,36 x 210 x 100 x 10-3 => QVC = 7,56 V.
  6.  A queda de tensão em porcentagem (%) é QV% = (7,56/220) x 100 => QV% = 3,43 %. 

Exemplo 2: Cálculo do cabo para uma determinada carga e distância > 30 metros.

  1. I = 210 A.
  2. Cabo / PVC em eletro duto metálico (B1), Temperatura Ambiente = 30 °C.
  3. Circuito trifásico, 220 V, comprimento L = 100 m, Fator de Potência cos fi = 0,8.
  4. Alimentação com fornecimento em baixa tensão direto pela concessionária: QT = 5%. 
  5.  Queda de tensão do cabo: QVCabo (V/Akm) = (QT (%) x V (V) / 100) / (I (A) x L (km)). QVCabo = (5 x 220 / 100) / (210 x 100 x 10 -3) => AVCabo = 11 / 21 => QVCabo = 0,52 V/Akm.
  6.  Na tabela abaixo a queda mais próxima abaixo é 0,50 V/Akm.
  7. O cabo correspondente à esta queda de tensão é de 95 mm2.